Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

This is SunRain Plone Theme

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / VII Workshop de Especialização em Desenvolvimento de Software para Web

VII Workshop de Especialização em Desenvolvimento de Software para Web

Será realizado nos dias 18 e 19 de novembro de 2016 o VII Workshop de Especialização em Desenvolvimento de Software para Web no Departamento de Computação da Universidade Federal de São Carlos.

A programação do evento consiste em apresentações públicas dos processos de desenvolvimento de sistemas de software, com demonstração do protótipo do sistema em funcionamento.

De forma concomitante com as apresentações dos sistemas de software haverá a apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos sobre diversos aspectos do processo de desenvolvimento de software, sempre relacionado com o sistema de software implementado.

 

Cronograma:

Sexta-feira – 18/nov/2016

Apresentação dos Sistemas de Software:

19:30h às 22:45h – Apresentação dos Sistemas de Software: Sistema de Acompanhamento de Egressos – SAE e Sistema Acadêmico de Eventos (SEVEN).

22:45h às 23:00h – Reunião da Banca

23:00h – Divulgação do Resultado Final dos Sistemas de Software

 

Apresentação dos Artigos em Desenvolvimento de Software:

19:00h às 22:30h – Apresentação dos Artigos em Desenvolvimento de Software

22:30h – Reunião da Banca

22:45h – Divulgação do Resultado Final dos Artigos em Desenvolvimento de Software


Sábado – 19/nov/2016

Apresentação dos Sistemas de Software:

08:15h às 11:30h – Apresentação dos Sistemas de Software: Sistema de Gestão Acadêmica (SGA) e Partiu!

11:30h às 11:45h - Reunião da Banca

11:45h - Divulgação do Resultado Final dos Sistemas de Software

 

Apresentação dos Artigos em Desenvolvimento de Software:

08:00h às 12:00h - Apresentação dos Artigos em Desenvolvimento de Software

12:00h- Reunião da Banca

12:15h - Divulgação do Resultado Final dos Artigos em Desenvolvimento de Software

 

Sistemas de Software:

Sistema de Acompanhamento de Egressos – SAE

Caio Cardozo

Everson Daniel da Silva

Fernando B. Reis da Silva Cunha

Lucas Palloni Gonçalves

Michel Adriano Medeiros

Vagner dos Santos

Vinícius Del Padre

 

Sistema Acadêmico de Eventos (SEVEN)

Bruno Jutkoski

Filipi Grisolia Camilo Nicolau

João Paulo Rubia

Marcelo Sanches Mendonça

Marco Aurélio de Carvalho Dantas

 

Sistema de Gestão Acadêmica (SGA)

Evandro Marcos Rosante

Flavio Abranches Ciloni

Julian Brasil Nichikuma

Lis Regine Amaral

Paulo Roberto Martins

Thiago Henrique Poiani

 

Partiu!

Carlos Eduardo Ponsoni

Everton de Grande

Jacqueline Avansi Loprete

Paul Kibe Njuguna

Vitor A. Pires de C. Bellotto

Wellington Camargo

 

Artigos em Desenvolvimento de Software:

01 - Evoluindo projetos de banco de dados em equipes colaborativas, tratando a recuperação do esquema original em caso de falhas na implantação do esquema final, através de ferramenta de refatoração de banco de dados

Bruno Augusto Costa de Castro

Resumo. Este artigo trata da refatoração e regressão de banco de dados em equipes colaborativas, que utilizam alguma metodologia ágil ou parte dela no processo de desenvolvimento de software, gerenciando através de uma ferramenta todas as alterações e gerando versões do projeto de banco de dados a cada refatoração. Através de uma nova proposta de um fluxo para realizar a refatoração, será explorado o ponto que trata da regressão do banco de dados quando houver necessidade, devido a algum problema grave ao atualizar a aplicação ou por necessidade de restaurar uma determinada versão do projeto de banco de dados.

02 - Melhorando os Processos de Desenvolvimento de uma Aplicação Web Utilizando Conceitos de DevOps

Bruno Jutkoski

Resumo. Neste artigo são discutidos alguns conceitos básicos de DevOps e é realizada uma abordagem mais específica quanto à automação no desenvolvimento de aplicações. Através de um estudo de caso é possível verificar como a utilização das ferramentas: Jenkins, utilizada na automação da compilação e execução de testes, e Docker, utilizada na automação da criação do ambiente de testes, é capaz de impactar positivamente nos processos existentes em um projeto de software.

03 - Node.js e Java: comparando tecnologias para o desenvolvimento de aplicações web atuais

Caio Cardozo

Resumo.          O consumo de dados através da internet aumenta gradativamente, com pessoas que utilizam e enviam conteúdo a todo o momento por meio de redes sociais, blogs e jogos. Isso trouxe à tona uma problemática não existente anteriormente: como atender milhões de acessos simultâneos? O modelo de arquitetura não bloqueante tem demonstrado mais eficiência quando acontecem diversas solicitações simultâneas e grande demanda por operações de I/O. Tendo em vista que o Node.js é um framework construído para facilitar o desenvolvimento de aplicações escaláveis e de alto desempenho, o presente trabalho busca apresentar as diferenças entre esse framework e a linguagem Java, bem como os benefícios de utilizá-los no desenvolvimento de aplicações web atuais que demandam número significativo de acessos simultâneos.

04 - Exemplo de Aplicação de Uso do Framework OSGi

Carlos Eduardo. Ponsoni

Resumo: A informatização vem sendo bastante utilizada e explorada em diversos contextos. A maneira como as pessoas vêm se atualizando no dia-a-dia reflete no seu uso, portanto a computação busca inovar trazendo tecnologias que diminuam a complexidade de utilização do usuário, deixando a aplicação mais dinâmica possível, os sistemas adaptativos por sua vez fazem exatamente este trabalho sempre buscando deixa-lo mais próximo da lógica humana de forma automática. Através desta ideologia este artigo tem a proposta de exemplificar a utilização de um sistema com foco no framework OSGi, fazendo a modularização da aplicação. A aplicação foi desenvolvida em linguagem de programação Java juntamente  com o framework, além do banco de Dados SQL. Assim a aplicação simula um sistema de informação que gera informações para um banco de dados e faz consultas em uma tabela de clientes, onde as informações são passadas por dois  caching que faz o filtro melhorando o desempenho da consulta em tempo de execução, controlado pelo framework proposto.

05 - A utilização do Swagger para documentação de Web APIs: Um estudo de caso

Claudenir de Freitas Machado

Resumo. Este artigo apresenta a especificação Swagger em conjunto com a plataforma Java EE para a construção e documentação de uma Web API. A combinação dessas tecnologias disponibilizam uma interface interativa para que o usuário tenha conhecimento de toda a documentação, de modo que possa abstrair apenas informações necessárias para a construção de suas próprias aplicações. Neste contexto, foi realizado um estudo de caso com base no Projeto GETA (Gestão de Estágio e Trabalhos Acadêmicos) desenvolvido para o Departamento de Computação na Universidade Federal de São Carlos, no qual a aplicação móvel foi desenvolvida exclusivamente aos usuários da plataforma Android. O artigo demonstra a importância da documentação de uma Web API fazendo uso da especificação Swagger em conjunto com a plataforma Java EE, bem como outras proposições que irão agregar embasamento para tal trabalho.

06 - Relato de Experiência da Aplicação do SCRUM em Pequenas Equipes: Desafios e Soluções

Daniel Rodrigo Bento

Resumo. Com o surgimento de novas tecnologias e ferramentas, o mercado de desenvolvimento de software, está se tornando cada vez mais exigente e competitivo, tendo como principais requisitos o cumprimento de prazos e a entrega de produtos com qualidade. Nesse contexto, este trabalho relata a implantação do framework Scrum, em uma empresa que conta apenas com uma equipe de desenvolvimento pequena, visando a melhoria dos processos dentro do setor, auxiliando na criação e adoção de processos dentro do setor de desenvolvimento, e junto a isso, melhorar os produtos por ela criados.

07 - Integração de Certificação Digital em um Sistema de Gestão Acadêmica

Evandro Marcos Rosante

Resumo. O objeto deste artigo é propor uma solução para emissão de documentos acadêmicos com certificação digital integrado ao Sistema de Gestão Acadêmica dos cursos Lato Sensu do Departamento de Computação da UFSCar. O artigo busca apresentar o estado da arte no Brasil, no que se refere à certificação digital, e mostrar como funciona a emissão de documentos atualmente no departamento. Finalmente, o artigo exibe uma proposta de implementação indicando um caminho para a sua execução e conclui com a defesa do uso de certificação digital, mesmo com as dificuldades burocráticas encontradas no âmbito da educação, entendendo que a proposta apresentada torna o processo de emissão de documentos acadêmicos mais rápido e seguro.

08 - Estudo de Restrições à Implementação de Serviços Web RESTful/HATEOAS

Everson Daniel da Silva

Resumo. Este artigo faz um estudo da arquitetura REST para desenvolvimento de serviços Web, focando no nível de maturidade em que esses serviços Web são implementados. Segundo o modelo de maturidade desenvolvido por Leonard Richardson, os principais elementos da arquitetura REST são divididos em quatro níveis. Um dos objetivos deste artigo é entender as dificuldades e soluções existentes na implementação do nível quatro deste modelo, que faz referência a Hypermedia as the Engine of Application State (HATEOAS).

09 - Uma Experiência com a Evolução de Aplicações Web Progressivas: O Caso do Aplicativo Partiu!

Everton De Grande

Resumo. Os recentes avanços tecnológicos dos navegadores nos últimos anos possibilitaram o desenvolvimento de aplicações com recursos integrados de forma eficaz, permitindo que um aplicativo web tenha todas as características de um aplicativo nativo. Este artigo descreve um estudo de caso sobre manutenções evolutivas utilizando como exemplo um aplicativo de gerenciamento de viagens, desenvolvido com o conceito de aplicações web progressivas.

10 - Teste de Vulnerabilidade em Sistemas Web: Uma Investigação no Sistema Gerenciador de Egressos

Fernando Bartholomeu Reis da Silva Cunha

Resumo. Hoje a WEB faz parte do cotidiano da grande maioria das pessoas. Por meio de Aplicações WEB é possível usufruir de inúmeras facilidades e oportunidades, por geralmente se tratarem de aplicações acessíveis a qualquer usuário conectado à internet, esse tipo de aplicação torna-se potencialmente um alvo para ações maliciosas, que podem proporcionar grandes perdas financeiras, o roubo de informações e até mesmo a indisponibilidade de um serviço. O objetivo deste trabalho é analisar algumas das vulnerabilidades mais críticas em aplicações WEB e também explorar boas práticas de desenvolvimento e ferramentas para efetuar testes a fim de minimizar esses riscos.

11 - Desenvolvimento de Software Web Seguro: Analisando as formas de ataque SQL Injection e Cross-site Scripting (XSS)

Filipi G. C. Nicolau

Resumo. O avanço computacional possibilita o surgimento de novas tecnologias e ferramentas para auxiliar no processo de desenvolvimento de software. Tais tecnologias e ferramentas enfrentam ameaças que surgem para explorar pontos de vulnerabilidade. Dois exemplos são as ameaças SQL Injection e Cross-site Scripting (XSS). O objetivo desse trabalho é descrever tais ameaças e apresentar modelos de boas práticas que reduzem a exposição a pontos de vulnerabilidades. Para atingir o objetivo proposto foi utilizada uma aplicação real da qual foram extraídos exemplos de vulnerabilidades, para os quais boas praticas foram discutidas. Ao finalizar esse trabalho, acredita-se que as boas práticas para minimizar pontos de vulnerabilidades, e o risco que essas ameaças representam a uma aplicação, foram expostos à comunidade.

12 - Utilização de REST & SOAP para o consumo de um mesmo serviço

Jacqueline Avansi Loprete

Resumo. O  objetivo deste trabalho é analisar as abordagens e tecnologias para integração entre diversos sistemas de informação e o consumo de serviços através de Web Services. Este artigo traz as tecnologias SOAP (Simple Access Protocol) e REST (Representational State Transfer), cada uma com sua singularidade, trabalhando em conjunto de forma a se complementarem. Foi realizado  um estudo  de  caso  sobre  o consumo de serviços REST e SOAP associados em um mesmo serviço. A   principal contribuição deste artigo é demonstrar como as duas tecnologias podem trabalhar em conjunto, como complemento, sem exclusão ou sobreposição de uma sobre a outra.

13 - Arquitetura de Microsserviços com Framework Grails

João Paulo Rubia

Resumo. Este artigo descreve as experiências adquiridas durante a migração de um sistema de software em arquitetura monolítica para a arquitetura de microsserviços utilizando o framework Grails. O intuito dessa abordagem é colocar em prática o conceito de DevOps e mostrar seus benefícios, principalmente no que diz respeito à entrega contínua do produto. Além disso, pretende-se exibir as vantagens do Grails, que utiliza uma abordagem de desenvolvimento ágil de sistema de software.

14 - A utilização de padrões de projeto no desenvolvimento de aplicações para Web

Jordano de Moraes Gonçalves

Resumo. Inúmeras são as vantagens do uso de padrões de projeto no desenvolvimento de aplicações web. Devido a grande aceitação por parte do das empresas, a sua utilização tornou-se praticamente obrigatória no competitivo mercado de trabalho. No entanto, é importante conhecer e saber quando e onde utilizá-los. Este artigo visa apresentar alguns padrões de projeto e a sua aplicabilidade, construindo exemplos práticos utilizando a linguagem Java. Serão apontados os múltiplos benefícios obtidos, tais como a reutilização de códigos e os ganhos com produtividade e tempo.

15 - Uma investigação estrutural e lógica, baseada em padrões de projeto e “boas práticas”, no lado do cliente, acerca de uma aplicação para gestão de alunos, no contexto do arcabouço AngularJS

Julian B. Nichikuma

Resumo. Este artigo é uma análise, do lado do cliente de uma aplicação para gestão de alunos, que considera “boas práticas” e padrões de projeto com foco no arcabouço AngularJS, para que sejam elaboradas melhorias no código que afetem a segurança, manutenibilidade e desempenho.

16 - Computação nas nuvens

Leonardo Vieira

Resumo. Este artigo tem por finalidade apresentar a computação em nuvem,  detalhando as diversas formas de hospedagem, os diferentes tipos de serviços, demonstrando  as vantagens e desvantagens na utilização de dada um e apresentando um comparativo de valores para determinados serviços utilizando os mais variados provedores. O objetivo é apresentar de uma forma clara, como a computação em nuvem pode agregar economia e segurança aos usuários, demonstrando como utilizar o serviço na nuvem desde a escolha do melhor plano até a agregação de serviços, auxiliando assim na escolha do provedor que ofereça a melhor relação custo/benefício.

17 - Ergonomia e Usabilidade na Web – Análises e Técnicas

Lis Regine Amaral

Resumo. A navegação exige comportamento ativo, que demanda certo esforço intelectual para o aprendizado e o uso da interface. O estudo e testes de usabilidade, portanto, é uma característica básica para que um produto interativo seja projetado de forma profissional, responsável e eficiente. Com base em técnica de avaliação, o objetivo da pesquisa é uma visão geral das técnicas de avaliação de usabilidade, fazendo um pequeno estudo de caso usando listas de verificação para testar a usabilidade do software interativo SAGRE/Oper, produzido pelo CPqD, a partir dos quesitos de “qualidade em uso” propostos pelas normas ISO 9126 e ISO 9241.

18 - Um estudo sobre o uso da técnica de Análise da Cesta de Compra aplicada ao Marketing

Marcelo Sanches Mendonça

Resumo. Em um cenário extremamente competitivo e globalizado as empresas buscam cada vez mais entender melhor o comportamento e hábitos de compra de seus clientes. Com os avanços tecnológicos e os grande volumes de informações, a mineração de dados se tornou um processo essencial para a análise e tomada de decisões, principalmente no que diz respeito a área do marketing. O presente trabalho busca, por meio do uso da técnica de Análise da Cesta de Compra, mostrar que o uso destes conceitos ainda não é algo trivial para o profissional do marketing, propondo também uma nova estrutura para visualização de regras de associação de modo a facilitar o entendimento destas. Por meio de uma pesquisa qualitativa exploratória, conclui-se que o profissional da área de marketing reconhece a relevância da mineração de dados para a toma de decisão, porém não compreende a linguagem apresentada, assim identificou-se que é necessário desenvolver uma estrutura de resultados mais visual, como proposto nesse trabalho.

19 - Gerenciamento de Logs via Monitoramento de Dados em Sistemas Web

Marco Aurélio De Carvalho Dantas

Resumo. Este artigo demonstra a importância de se utilizar gerenciamento de logs para monitoramento e auditoria acerca do tráfego de dados de uma aplicação web em pleno funcionamento. As informações que serão registradas correspondem ao registro de falhas, bem como operações de consulta, inclusão, alteração e deleção de registros do sistema. Para isto, criou-se um conjunto de funcionalidades implícitas em nível de aplicação web, para fins de controle e armazenamento de informações em tabelas de banco de dados. Com isso, obtém-se uma forma de medição do comportamento do sistema em baixo ou alto nível, logo, são dados acessíveis do desenvolvedor ao operador do sistema, tornando assim o sistema mais seguro e monitorável.

20 - Implementando Segurança ao Acesso de Web Services REST e Adicionando uma Autenticação Básica

Michel Adriano Medeiros

Resumo. Nos dias de hoje há muitas maneiras de implementar segurança em um Web Service, tanto de autenticação e de acesso a serviços. Apesar de haver muitos frameworks que executam esta tarefa, a falta de facilidade para a sua utilização é muito grande, por isso muitos utilizam uma técnica mais simples que é a autenticação básica. Contudo, a facilidade de utilizar esta técnica traz o problema da segurança. Enquanto em alguns frameworks a segurança já está implantada junto à ferramenta e requer apenas fazer alguns ajustes, para a autenticação básica há a necessidade de utilizar algumas técnicas para possibilitar o mínimo de segurança. Neste artigo serão apresentados alguns possíveis ataques que um Web Service pode sofrer e algumas soluções para se proteger destes ataques. A autenticação básica será utilizada para demonstrar como esta técnica pode conceber segurança para a aplicação, e demostrar o funcionamento da autenticação e autorização de acesso aos serviços de um Web Service. E por fim serão sugeridas algumas sugestões de melhoramento para a segurança da autenticação básica.

21 - Desenvolvimento do Aplicativo Web Progressivo

Paul Kibe Njuguna

Resumo. Este trabalho investiga os desafios de experiência de usuário apresentados pelo processo de instalação dos aplicativos móveis. Empregou-se a implementação dos aplicativos web progressivos que reúne o melhor das tecnologias de plataforma web para simplificar o processo de instalação de aplicativos nos dispositivos móveis. Em média observou se uma diminuição de aproximadamente 50% dos passos apresentados nas etapas tradicionais de instalação de um aplicativo móvel. Porém, apresentou-se limitações de compatibilidade entre os navegadores e plataformas móveis pois as tecnologias utilizadas ainda se encontram em fase de adesão e desenvolvimento nesses.

22 - Um estudo sobre ferramentas para construção de aplicações Single Page Application

Paulo R. Martins

Resumo. Com a crescente demanda por soluções computacionais baseadas na internet e com os desafios que computação ubíqua propõe, surgem diversas tecnologias as quais propõem novas abordagens para as aplicações web. Uma abordagem arquitetural que se destaca são as aplicações baseadas em API’s REST utilizando Single Page Application na camada de apresentação WEB. Este trabalho busca comparar algumas ferramentas para construção de aplicações WEB utilizando Single Page Application identificando suas características, vantagens e desvantagens.

23 - Análise comparativa entre duas tecnologias com suporte a desenvolvimento de web services RESTFul: Jax-RS e Express.js

Renan Martini Gigliotti

Resumo. Com a evolução das tecnologias para internet, o crescimento dos dispositivos conectados à ela, a necessidade de aplicações com alta disponibilidade e escaláveis, tem direcionado o mercado de TI para a construção de API’s (Application Programing Interface). Dadas as necessidades várias linguagens de programação passaram a implementar este padrão. Este artigo apresenta um estudo comparativo entre o Jax-RS, framework RESTFul da plataforma JavaEE e o Express.js, framework Javascript que roda no servidor interpretado pelo Node.js.

24 - Adaptação de Modelos de Analítica Visual por meio de Acompanhamento de Eventos de Analítica Web

Thiago Henrique Poiani

Resumo. O processo Sensemaking loop consiste da retroalimentação de modelos de visualização de informação a partir de conhecimento descoberto sobre interações em interfaces. Serviços de analítica web possuem potencial em auxiliar nesse processo, dado que essas ferramentas monitoram interações sobre websites. Tendo como objetivo adaptar um modelo de visualização de informação por meio de acompanhamento de eventos em uma interface web, este projeto apresenta recursos a serem explorados entre as áreas de analítica visual e analítica web.

25 - Análise Comparativa de performance entre XML e JSON no Desenvolvimento de APIs RESTful

Vinicius Augusto Castelano Tavares

Resumo. Este artigo apresenta as vantagens e as desvantagens da escolha do formato de serialização em APIs RESTful. Uma vez que cada formato possui estrutura e objetivos diferentes, e nem sempre o formato de melhor performance é o mais eficiente. Baseado nisso, foi proposta a implementação de uma API RESTful que representa dados nos formatos XML e JSON, além de uma aplicação responsável por enviar e receber massas de dados nesses dois formatos e apresentar os resultados obtidos. O estudo será focado na análise dos resultados obtidos em que serão relatadas informações como tempo de transmissão e quantidade de dados trafegados na rede de acordo com cada cenário.

26 - Acompanhamento de Egressos em Instituições de Ensino Superior

Vinicius Del Padre

Resumo. O acompanhamento de egressos de cursos superiores das Instituições de Ensino Superior é uma das exigências estabelecidas pela lei do Sinaes (Sistema Nacional e Avaliação da Educação Superior). As IES utilizam de diversas ferramentas para esse propósito, objetivando garantir que o processo de ensino- aprendizagem oferecido pela Instituição possibilita que a formação obtida pelo egresso o mantém ativo no mercado de trabalho por toda a sua vida profissional. Este trabalho apresenta um sistema de software para web que auxilia neste processo de acompanhamento do egresso pelas IES. O Sistema de Acompanhamento do Egresso (SAE) contempla a distribuição de questionários aos egressos e empregadores, e sua coleta, apresentando-o aos gestores em forma de gráficos. Além da avaliação e apresentação dos resultados por gráficos, um espaço de vagas de emprego é disponibilizado. Os resultados com a utilização do sistema permitem que o processo seja otimizado, e, com a automatização desta mecânica, a possibilidade de erros diminui. O tempo para a execução das tarefas também é reduzido, uma vez que a aplicação envia os emails, verifica as respostas obtidas e organiza os dados, transformando-os em informação útil aos gestores das IES.

27 - As melhores práticas para criar protótipos de produtos inteligentes

Vitor Augusto Pires de Campos Bellotto

Resumo. Introdução a Internet das Coisas através da construção de um protótipo de produto inteligente apresentando algumas ferramentas existentes para o desenvolvimento e algumas boas práticas de programação.

28 - Aplicações de Realidade Aumentada na Web

Wellington Camargo

Resumo. Este artigo se propõe a discutir a aplicabilidade da realidade aumentada, alinhada à web, para imersão e melhoria da experiência dos usuários no auxílio de suas tarefas cotidianas. É descrita a tecnologia de realidade aumentada e seus tipos de sistemas de utilização e implementação, bem como suas áreas de aplicação, implementação de uso em aplicativo voltado para o turismo e gerenciamento de viagens, os desafios da tecnologia e suas limitações.

 

 

Revisores

Alessandro Viola Pizzoleto

André de Souza Landi

Bento Rafael Siqueira

Bruno César Gasparini

Bruno Lopes

Bruno Marinho Santos

Daniel Gustavo San Martin

Débora Tieme Hiroki

Diego Roberto Gonçalves de Pontes

Ederaldo de Oliveira Constantino

Elis Cristina Montoro Hernandes

Fabiano Cutigi Ferrari

Fagner Roger Pereira Couto

Ivan João Foschini

José Santiago Moreira

Juliano Zanuzzio Blanco

Marcel Akira Serikawa

Marco Antonio Colombo da Silva

Reinaldo de Oliveira Castro

Renato Bueno

Renato Silva Costa

Steve Ataki Tsham Mpinda

Tatiana da Silva Alencar

Valter Vieira de Camargo

Vinicius Afonso Raimundo Ferreira

« Setembro 2017 »
Setembro
DoSeTeQuQuSeSa
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Árvore Símbolo do Curso de Pós-Graduação "Lato Sensu" em Computação

Árvore plantada na cerimônia de conclusão de curso da primeira turma do curso de Pós Graduação "Lato Sensu" em Computação - Desenvolvimento de Software para Web, no ano de 2004.

Árvore Lato Sensu